Voltar para  Home
 
 
573.736
HistoricoAtuaçãoResultados
 
Relato de uma “mãe facilitadora” do GPH
“Ela (nome de outra mãe) disse que está melhorando ao pouquinhos e que já decidiu que vai entrar para grupo, só não sabemos quando. Eu acho que o que a amedronta é o fato de expor a sua vida. Ela não tem uma idéia muito clara do grupo, apesar de eu já ter explicado. Ela é muito tímida e muito reservada, então a idéia de expor a vida dela e a do filho pras pessoas que ela não conhece a deixa muito constrangida e preocupada, principalmente falando de um assunto que ela própria não incorporou.... Porém acho que ela está melhorando. Eu tenho procurado conversar muito com ela e mostrar, sempre, que eu também já estive do jeito que ela está e que, com certeza, ela vai melhorar. Eu falo sempre pra ela: ‘Eu sobrevivi!’...”
 
 
 
voltar
   
Desenvolvido por: StudioAghata Mapa do Site | F.A.Q.
s